Métricas de marketing digital: veja quais são as mais essenciais

Para que uma estratégia possa ser monitorada e alinhada cotidianamente para trazer mais resultados positivos, é fundamental ter embasamento em dados. As métricas de marketing digital servem justamente para isso.

Quando uma empresa investe em marketing, é preciso acompanhar quais iniciativas trazem mais aspectos positivos. Isso porque estamos falando de uma área das ciências humanas, em que as ações não repetem o mesmo resultado para todas as companhias.

Podemos afirmar então, que não existe uma “receita de bolo” para fazer o marketing digital. As estratégias precisam ser testadas com o público de cada empresa e os resultados, serem mensurados.

É com base nas métricas de marketing digital que estabelecemos as otimizações e melhorias a serem aplicadas nas campanhas. Podendo assim aprimorar as ações ao longo da jornada e acompanhar a melhora de conversões ou vendas, por exemplo, no decorrer das semanas.

4 métricas de marketing digital que você precisa acompanhar

A seguir, apresentaremos os principais indicadores de marketing digital que devem ser acompanhados em suas estratégias. Confira:

1. Retorno sobre o investimento (ROI)

É impossível falar de métricas de marketing digital sem citar o ROI. Trata-se de um dos indicadores mais importantes de qualquer ação, tendo em vista que ele está diretamente relacionado com o lucro obtido pela empresa.

O objetivo do ROI é demonstrar qual é o retorno financeiro que a companhia obteve por ter realizado determinada ação. Esse cálculo pode ser feito para todas as ações de marketing digital, de modo geral bem como de forma isolada, voltado para cada uma das estratégias realizadas, como marketing de conteúdo, e-mail marketing, etc.

Para calcular o ROI basta que seja aplicada a seguinte fórmula matemática:

ROI = (RECEITA OBTIDA – VALOR INVESTIDO) / VALOR INVESTIDO

Quanto maior for o ROI, melhor, já que isso significa que você está tendo um bom retorno sobre aquilo que está investindo. Porém, se o ROI for muito baixo, algumas medidas precisam ser tomadas para reverter a situação.

Esse caso demanda uma avaliação ainda mais densa para entender o que deu certo e errado e quais ações têm mais ou menos efeito com o cliente em potencial.

Veja também: 7 ferramentas de marketing digital para impulsionar os negócios

2. Custo de aquisição por cliente (CAC)

O objetivo do CAC é fazer com que você saiba quanto custa para a sua empresa, cada cliente conquistado. Para isso, a primeira coisa que deve ser feita é somar o valor de todos os investimentos realizados em marketing digital, vendas, entre outros setores envolvidos, durante um determinado período.

É importante destacar aqui que a empresa precisa incluir nessa soma o valor gasto com ferramentas e softwares, o salário dos colaboradores desses setores envolvidos, comissões, etc.

Feito isso, você precisa verificar quantos clientes foram conquistados durante o período que está sendo analisado. Assim, deve ser aplicada a seguinte fórmula:

CAC = INVESTIMENTOS EM MARKETING E VENDAS / NÚMERO DE CLIENTES NO PERÍODO

Quanto menor for o seu CAC, melhor. Afinal, isso demonstrará que você está investindo uma baixa quantia de dinheiro para conquistar novos clientes para o seu negócio.

Essa métrica de marketing digital também mostra a importância de olharmos para a retenção de clientes dentro da empresa – muitas vezes, custa bem menos investir esforços para manter um cliente valioso do que conquistar um novo.

3. Taxa de conversão do funil 

Uma das métricas de marketing digital que sempre enaltecemos também é o chamado funil de vendas. Com essa estratégia, é possível conduzir os leads em uma jornada de compra até que eles se tornem clientes.

A ideia da taxa de conversão do funil é justamente acompanhar a evolução dos leads no decorrer do fluxo. Se o primeiro passo em uma estratégia de inbound marketing foi o download de um e-book em uma landing page, por exemplo, você precisa saber quantas pessoas se cadastraram para receber o material.

Depois de ser cadastrado, o lead começa a receber os conteúdos da empresa, via e-mail ou outras plataformas. A ideia é que você veja quantas pessoas finalizaram a compra ao término do funil.

Se essa quantidade for baixa, significa que as pessoas estão se perdendo no meio do caminho. Talvez seja necessário adotar uma postura mais persuasiva, por exemplo, ou mudar o tipo de material compartilhado. São situações como essas que devem ser analisadas.

4. Taxa de abertura de e-mail

Se você utiliza estratégias de e-mail marketing, conhecer a taxa de abertura e cliques das mensagens é muito importante. Para isso, veja a quantidade de pessoas para as quais as mensagens foram enviadas. 

Em seguida, compare esse número com a quantidade de aberturas que a mensagem obteve. Se o número for muito baixo, algum problema pode ter ocorrido. Pode ser que o assunto do e-mail não tenha sido tão relevante para o seu público ou talvez a linguagem utilizada no texto não tenha sido a mais adequada. Sabendo a taxa, fica mais fácil de analisar e corrigir essas questões.

As métricas de marketing digital são importantes para que a sua empresa possa ter um desempenho mais eficiente. Por isso, não deixe de mensurá-las! Medir cada real investido no retorno que ele traz para o seu negócio é uma missão importante para sua empresa, acompanhe sempre as métricas de perto.

Confira mais informações como essas em nosso artigo que explica como gerar resultados em vendas com relacionamento e conteúdo, no marketing B2B e converse aqui com o CEO da Incandescente para saber como podemos ajudar você e a sua empresa.