O que é a jornada do herói e como aplicá-la na prática?

A jornada do herói pode ajudar a sua empresa a contar histórias que encantam e ficar cada vez mais próximo do seu cliente. Mas primeiro, você sabe o que é isso?

De forma breve, a jornada do herói foi criada pelo antropólogo Joseph Campbell e pode ser bem estudada na sua obra O Herói de Mil Faces. Ele era fascinado por temas interessantes, como os mitos e religião. A partir de muitas análises, percebeu alguns pontos importantes e semelhantes na composição de uma história.

Assim, chegou a uma estrutura comum em que um personagem passa por diversas provações e percorre um longo caminho até ser um verdadeiro herói. Depois, Christopher Vogler se debruçou sobre o tema em A Jornada do Escritor e chegou em 12 etapas da jornada que conhecemos hoje.

Isso mesmo, 12 etapas. Antes de você começar a pensar em como aplicar isso na sua empresa, é importante explicarmos que não é necessário ter todas as fases em uma história, mas alguns elementos podem ser observados e ajudam a dar sentido e propósito à mensagem que você deseja transmitir.

12 fases da jornada do herói

Precisaríamos de um texto único só para discorrer das 12 fases da jornada do herói, por isso vamos apenas listá-las abaixo para que você conheça:

  • Mundo comum;
  • Chamado para a aventura
  • Recusa do chamado
  • Encontro com o mentor
  • Travessia do primeiro limiar
  • Provação, aliados e inimigos (ou a barriga da baleia)
  • Aproximação da caverna secreta
  • Provação difícil ou traumática
  • A recompensa
  • O caminho de volta
  • Ressurreição do herói
  • Regresso com o elixir

Todo esse processo envolve uma longa jornada transformadora, que começa em um momento em que o personagem se encontra em um “marasmo” e a partir disso conhecemos suas características e personalidade. A história se fecha com uma redenção, no personagem sendo reconhecido como um verdadeiro herói.

Podemos encontrar esses elementos em muitos livros, filmes etc. como Harry Potter e Star Wars, por exemplo.

Leia também: Tik Tok e Reels: devo incluir na estratégia digital da minha empresa?

Como contar histórias que encantam?

Uma boa história não precisa ser rebuscada ou seguir uma fórmula pronta. Uma boa história se torna inesquecível, muitas vezes, pela sua simplicidade e fluidez, com uma capacidade genuína de nos fazer rir, chorar ou relembrar momentos marcantes da nossa vida.

A jornada do herói aparece nesse contexto como uma forma de ajudar a construir uma história para a sua empresa, que se identifique e assemelhe com o seu cliente ideal e o seu propósito no mundo.

Por que ela existe? O que ela resolve? Como posso convidar meu cliente em potencial a conhecer a minha solução? Quais caminhos percorreu até chegar aonde está? Pelo que ela quer ser reconhecida? Essas são apenas algumas perguntas importantes que ajudam na construção de um conteúdo de qualidade e que deixa um brilho no olho de quem lê.

Com a jornada do herói e o storytelling, é possível criar valor. Estudos mostram justamente que as pessoas dão mais credibilidade, criam uma conexão emocional e veem com mais clareza as vantagens de um produto/serviço. Essa é a forma que o nosso cérebro reage diante de uma boa história!

Aproveite para aplicar esses elementos na sua rotina e no seu conteúdo. Você só tem a ganhar.